Tecidos portugueses apresentam-se no Japão

A representação portuguesa no certame é garantida por nove empresas nacionais. À Riopele e à Somelos Tecidos somam-se sete empresas que integram a comitiva organizada no âmbito do projeto From Portugal, promovido pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal: Acatel, Albano Morgado, Bordados Oliveira, Burel Factory, Fitecom S.A., Lemar e Texser/Têxtil Serzedelo.
 
Manuela Araújo, CEO da Lemar, que participa na Jitac desde 2012, encara o mercado japonês como sendo “muito desafiante”, pelo que com este regresso à feira a empresa pretende “continuar a consolidar os contactos já existentes, conhecer novos clientes e, se possível, aumentar o volume de negócios”.
 
Já para José António Ferreira, gestor de mercado externo da Têxtil Serzedelo, “o mercado japonês é um mercado muito singular e com grande potencialidade em determinados artigos” nos quais Portugal é muito competitivo. Nesta edição da Jitac, a empresa, que está há quatro anos no mercado nipónico, pretende consolidar a marca Texser.
 
Aproveitar as oportunidades do mercado é também o propósito da Fitecom, que é igualmente repetente no certame. Luís Filipe Mesquita, diretor comercial, acredita que o mercado japonês “tem bastante potencial” para os produtos da empresa, o que justifica as recorrentes participações da Fitecom no evento.

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados. - http://pt.fashionnetwork.com/news/Tecidos-portugueses-apresentam-se-no-Japao,961978.html#.Wry9Q4jwaUl